História do Bangu Atlético Clube

Bangu AC Bangu Atlético Clube
Fundado em 17 de abril de 1904
Endereço: Rua Sul América, 950, Bangú
CEP: 21870-100 – Rio de Janeiro/RJ
Estádio Proletário Guilherme da Silveira Filho (Moça Bonita ) 12.000
Site não Oficial: www.bangu.net
História do Bangu – Origens

O Bangu tem uma história que se confunde com a história do futebol no Brasil.
Uma história de homens e paixões que fundaram um clube no início do século, e cujo legado hoje nós desfrutamos.

Fábrica de Tecidos BanguA Fábrica Bangu – Origem do Clube

A construção da Fábrica foi iniciada em maio de 1889. Em 1890 é inaugurada a estação da Estrada de Ferro, em Bangu. Em 1891, no dia 12 de fevereiro, a Fábrica apitou pela primeira, pois algumas de suas seções começaram a funcionar. Nessa época teve início, no Marco 6, a instalação de algumas casas comerciais e que foram aumentando, ficando o Marco 6 como o núcleo inicial do bairro. O Marco 6, assim chamado, é devido a um marco de pedra que se colocava, de légua em légua, na Estrada Real de Santa Cruz. O Nosso Marco está localizado nas imediações da Estação de Guilherme da Silveira.

Com o funcionamento da Fábrica e a Estrada de Ferro transportando o que a novel população necessitava, já se iniciava um movimento social para que os seus moradores tivessem, além do trabalho, cultura e diversão.

Em 24 de Janeiro de 1892 foi fundada a Sociedade Musical Progresso de Bangu, de cuja obra meritória é seu continuador o

Casino Bangu, com um S só, espanhol, já que foi uma homenagem ao seu idealizador – o extraordinário João Ferrer nascido na legendária Ibéria. (Paschoal J. Granado)

O ano de 1892 foi marcante para o Bangu nascente. A Fábrica começou, de fato, a funcionar. Os seus operários – a grande maioria vinda de fora – já faziam reuniões sociais.

Em 1893 foi construído pela Fábrica, lá pelas bandas do Retiro, um Engenho que fabricava álcool, cachaça, melado, etc., cuja produção era substancial, tanto que fornecia para o comércio, no Marco 6.

O ano de 1895 apresentou alguns fatos que merecem citação: senão vejamos: foi iniciada a construção de uma Vila Operária para que os empregados ficassem mais perto do serviço. Foi, também, construída pela Cia. uma bela casa localizada no fim da Estrada do Engenho, para a residência do Administrador da Fábrica. Esta casa que chamavam de “Chalet”, foi também o lugar onde se recebiam as personalidades que visitavam a Fábrica.

Ainda em 1895 foi fundada a Banda de Música dos Operários, sob a direção do Sr. José Pedro de Andrade, mestre de pedreiro e figura das principais na sociedade.

Oficialmente, o Bangu Atlético Clube foi fundado em 17 de abril de 1904, porém, atividades esportivas em geral e futebol em particular já eram práticas conhecidas no bairro desde o século XIX. O football era um esporte que já existia há muito tempo na Inglaterra e cujas regras oficiais foram traçadas em 1863. Era tradição nas escolas a prática desses jogos entre os jovens e inúmeros clubes já haviam sido criados no Reino Unido.

A Fundação

A história do Bangu Atlético Clube começa realmente em fins do século XIX. Dentro da Fábrica Bangu, técnicos ingleses, recém chegados, falaram do futebol. Os filhos da terra ficaram empolgados com a narrativa dos bretões, sobre a nova modalidade desportiva. Das conversações, nasceu a idéia de fazer-se um “field”. “Field” era como os ingleses denominavam o campo de futebol. Mas… e as bolas? Já havia uma trazida pelo técnico Thomas Donohoe, ou melhor, seu ‘Danau” (essa bola ao que tudo indica, foi a primeira bola de futebol da Cidade Maravilhosa).

Era da Inglaterra que vinha o equipamento industrial da Fábrica, dentro de enormes caixas de madeira. Alguém foi a Londres a serviço da Fábrica. Eis que um dia ao ser aberta, na Fábrica, uma dessas Caixas, encontrou-se bem camuflado, um pacote contendo uma bola de couro para a prática do futebol, novinha, com bomba e tudo para enchê-la e alguns pares de chuteiras.

Ao iniciar-se pois, o século XX, já se praticava o futebol em Bangu, em uma área cedida pela Companhia Progresso Industrial do Brasil e que seria, como foi, um campo provisório, localizado bem ao lado direito das salas de trabalho então existentes.

Em dezembro de 1903, retornando de um passeio que fizera a sua terra natal, a Inglaterra, o Sr. Thomas Donohoe trouxe mais duas bolas de futebol. Sentindo o entusiasmo que despertava em todos, o novo jogo o Sr. Andrew Procter sugeriu a fundação de um “club”. Após uma reunião preparatória, na qual

tomaram parte os Srs. Andrew Procter, John Starck, José Villas Boas, Thomas Donohoe, Clarence Hibbs, Willian French, Willian Procter, Martinho Dumiense, José Medeiros, José Soares, Frederich Jacques e Thomas Hellowell, quando se decidiu, definitivamente, fundar-se o “club”, dias após, precisamente a 17 de abril de 1904, na casa nº 12 da Rua Estevão (depois Rua Ferrer e hoje Av. Cônego Vasconcelos) foi, oficialmente, fundado o Bangu Atlético Clube, com a presença dos Srs. Andrew Procter, Clarence Hibbs, Frederich Jacques, John Starck, José Soares, Segundo Maffeu, Thomas Hellowell, William French, William Hellowell e William Procter.

Deixaram de constar na Ata de fundação os nomes dos Srs. Thomas Donohoe, José Villas Boas e James Hartley. Acreditamos, todavia, que os referidos senhores terão deixado de assiná-la por algum lapso ou porque motivo relevante os tenha impedido de comparecer a essa histórica reunião. Cremos que por justiça, deverão eles serem considerados como fundadores do Bangu Atlético Clube. Seus nomes figuram, aliás, como Vice-Presidente e Membros do Conselho Fiscal da Diretoria então eleita.

Texto da Ata de Fundação

Aos 17 de abril de 1904, na casa nº 12 da Rua Estevão, com a presença dos seguintes Senhores: John Starck, Fred Jacques, Clarence Hibbs, Thomas Hellowell, José Soares, William Procter, William Hellowell, William French, Segundo Maffeu e Andrew Procter, fundou-se um Club Athletic sob a denominação de “BANGU ATHLETIC CLUB”. Foi convidado de presidir o meeting Sr. John Starck, servindo de Secretário o Sr. Andrew Procter. O Presidente expôs os fins do Club que serão os jogos de “Foot-ball”, “Cricket”, “Lawn Tennis” e outros jogos variados.

Foi proposta pelo Sr. Jacques que a entrada de sócios seja de 2$000 e que a mensalidade é de 1$000 pagável no dia 1º de cada mês que foi adoptado unanimimente. Foi decidido que as cores serão branca e encarnado e o Sr. Stack foi convidado de falar com o Director da Fábrica, afim de arranjar o panno necessário para fazer o fardamento do Club. Foram eleitos para servirem na Directoria para o primeiro anno os seguintes Senhores:.

William French
Primeiro Presidente do Bangu exerceu o cargo em 1904 e de 1906 à 1907

Presidente Honorário João Ferrer
Presidente William French
Vice Presidente Thomas Donohoe
Secretário e Thezoureiro. Andrew Procter
Conselho Fiscal José Villas Boas, James Hartley e José Soares
Cap of “Foot-ball” John Starck
Cap of “Cricket” Thomas Hellowell
Cap of “Lawn Tennis” Fred Jacques
Ficou resolvido que será jogado um match entre os teams do Capitain e Secretario, no domingo dia 24 deste mês. Jogo para principiar às 4 horas da tarde.

O Secretário foi autorisado de annunciar a formação do Club nos jornais e também annunciar na Fábrica, convidando os rapazes de entrar como sócios. Quem quizer dará o seu nome ao Secretário. Foi convocado para domingo 24 uma nova reunião da Directoria afim de tratar dos assumptos do Club.

Não havendo mais nada de tratar foi dissolvida a assembléia na maior harmonia.
(a) – John Starck – José Soares – Fred Jacques – Thomas Hellowell e Andrew Procter.
17 de Abril de 1904

Jogadores do Bangu na Seleção Brasileira

Em toda sua história o Bangu cedeu 15 jogadores para a Seleção Brasileira, sendo que, dois eram goleiros – Ernâni e Ubirajara. Ao todo apenas três jogadores disputaram partidas em Copas do Mundo, Zizinho, na Copa de 1950, Zózimo, na Copa de 1962, e Fidélis na Copa de 1966. Confira abaixo a relação completa dos jogadores do Bangu na Seleção Brasileira de Futebol.

» Benedito Dantas, 1 jogo em 1917
» Frederico Pinheiro, 2 jogos em 1921
» Zizinho, 26 jogos e 14 gols marcados, de 1950 a 1957
» Zózimo, 38 jogos e 2 gols marcados, de 1952 a 1962
» Calazans, 1 jogo em 1956
» Hilton, 2 jogos e 1 gol marcado, em 1956
» Ernâni (Goleiro), 1 jogo e 1 gol sofrido, em 1957
» Décio Esteves, 3 jogos, de 1959 a 1960
» Mário Tito, 1 jogo em 1963
» Aladim, 1 jogo em 1964
» Ubirajara (Goleiro), 2 jogos e 1 gol sofrido, em 1966
» Fidélis, 9 jogos e 1 gol marcado, em 1966
» Paulo Borges, 10 jogos e 2 gols marcados, de 1966 a 1967
» Mário, 2 jogos em 1967
» Marinho, 2 jogos e 1 gol marcado, em 1986

Todos os Títulos do Bangu

Campeonato Carioca: 1933 (LCF) e 1966
2° Turno do Campeonato carioca (Taça Orlando Leal carneiro): 1979
Taça Rio (2° Turno do Estadual): 1987 (Invicto)
Torneio Início da Primeira Divisão: 1934 (LCF), 1950 (FMF), 1955 (FMF), 1964
Campeonato Carioca da Segunda Divisão: 1911 (Taça Francis Walter-LMSA), 1914(Taça Francis Walter-LMSA) e 2008

Taça João Ferrer: 1907, 1911

Torneio Início do Rio-São Paulo: 1951

Torneio da Imprensa (Taça Manoel Vargas Netto): 1943
Torneio Triangular de Porto Alegre-RS: 1957
Torneio Quadrangular do Rio de Janeiro: 1957
Torneio Quadrangular de Recife-PE: 1961
Torneio Quadrangular de Belém-PA: 1962
Torneio Quadrangular dos Campeões (Belo Horizonte-MG): 1967
Torneio Quadrangular dos Campeões (Campinas-SP): 1968
Torneio Romeu Dias Pinto: 1972
Torneio da Integração (Taça Almirante Heleno de Barros Nunes): 1976
Torneio Hilton Gósling: 1977
Torneio Comitê de Imprensa: 1980
Torneio Quadrangular de Volta Redonda-RJ: 1988
Taça Estádio Guilherme da Silveira Filho 50 Anos: 1997
Taça João Galindo: 1988
Torneio de Inverno: 1999
Copa Verão: 2004
Torneio Seletivo: 2006

Torneio Triangular Internacional do Equador: 1957
Torneio Triangular Internacional de Luxemburgo: 1958
Torneio Quadrangular Internacional da Venezuela: 1958
Torneio Quadrangular Internacional da Costa Rica: 1959
I Torneio Internacional de Nova York (EUA): 1960
Torneio Triangular Internacional da Áustria: 1961
Torneio Quadrangular Internacional do Equador: 1962
XIV President’s Cup (Coréia do Sul): 1984
Torneio Quadrangular Internacional de El Salvador: 1998

Obs.: 1) LMSA (Liga Metropolitana de Sports Athléticos) – 2) LCF (Liga Carioca de Football) – 3) FMF (Federação Metropolitana de Futebol)

A Letra do Hino

Autor: Lamartine Babo

O Bangu tem também a sua história a sua glória,

enchendo seus fãs de alegria.

De lá, pra cá, surgiu Domingos da Guia.

Em Bangu se o clube vence há na certa um feriado.

Comércio fechado, a torcida reunida até parece a do Fla-Flu,

Bangu…Bangu…Bangu.

O Bangu tem também como divisa na camisa,

O vermelho sangue a brilhar,

E faz cartaz, estouram foguetes no ar.

Todos os Presidentes do Bangu AC

007 a 2010- Jorge Francisco Varela da Costa
2003 a 2006- Rita de Cássia Trindade
2003- João Paulo Giancristóforo
2001 a 2002- Rubens Lopes da Costa Filho
1999 a 2000- Jorge Francisco Varela da Costa
1994 a 1998- Antídio Vieira Dantas Filho
1992 a 1993- Carlos Teixeira Martins
1989 a 1991- Rubens Lopes da Costa Filho
1983 a 1988- Rui Esteves das Dores Filho
1980 a 1982- Antenor Vicente Corrêa Filho
1977 a 1979- Sergio Carlos Soares Saraiva
1975 a 1976- Maurício Cesar Buscácio
1973 a 1974- Rubens de Freitas
1972- José Vital
1971- José Augusto Salgado de Carvalho
1970- Orlando Lopes
1969 a 1970- Elias Gaze
1963 a 1968- Euzébio Gonçalves de Andrade e Silva
1959 a 1962- Maurício Cesar Buscácio
1957 a 1958- Fausto Guimarães de Almeida
1949 a 1956- José Ramos Penedo
1949- Eugênio Barbosa Paixão
1937 a 1949- Guilherme da Silveira Filho
1935 a 1936- Miguel José Pedro
1931 a 1934- José Alberto Guimarães
1929 a 1930- Antonio Pedroso Reis
1922 a 1928- James Schofield
1920 a 1921- Ary Azevedo Franco
1919- Firmino de Carvalho
1918- José Villas Boas
1915 a 1917- Noel de Carvalho
1911 a 1914- James Hartley
1909 a 1910- JAndrew Prócter
1908 a 1909- James McGregor
1906 a 1907- William French
1905- José Villas Boas
1904- William French
Fonte: http://www.bangu.com.br (desativado), www.bangu.net e Arquivowww.campeoesdofutebol.com.br
Página adicionada em 02 de julho de 2010
Pesquisas de Sidney Barbosa da Silva
William French
William French
Primeiro Presidente

José Villas Boas
José Villas Boas
Presidente em 1905 e 1918

Ary Azevedo Franco
Ary Azevedo
Presidente em 1920 e 1921

Guilherme da Silveira Filho
Guilherme da Silveira Filho
Presidente de 1937 a 1949


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s