Superesportes – Futebol nacional: notícias sobre os times regionais – Ronaldo não resiste às dores e oficializa fim da carreira

AFP PHOTO/Mauricio Lima
Ronaldo ‘Fenômeno’ se emocionou ao oficializar o fim da carreira, ao lado dos filhos


Ronaldo Luís Nazário de Lima finalmente deu ouvidos às suas dores – desde seus primeiros problemas no Corinthians, o atacante avisava que seu corpo clamava pela aposentadoria. Aos 34 anos, o Fenômeno que foi bicampeão mundial pela seleção brasileira, em 1994 e em 2002, anunciou a sua despedida do futebol no início da tarde desta segunda-feira.

Ao lado dos filhos Ronald e Alex, Ronaldo vacilou antes de iniciar a entrevista. Ele deu boa tarde aos presentes duas vezes, riu nervosamente e mexeu no microfone algumas vezes antes de começar o discurso que marcou o final de sua trajetória como atleta.

“Fiz uma cola tremenda, mas não vou conseguir falar nada”, iniciou Ronaldo, claramente emocionado. “Estou encerrando minha carreira de jogador profissional e quero dizer que foi lindo, maravilhoso e emocionante. Tive muitas derrotas e infinitas vitórias. Fiz muitos amigos e não lembro de ter feito inimigos”, completou.


A entrevista reuniu centenas de jornalistas no CT Joaquim Grava, enquanto alguns torcedores esperavam para tietar o astro do lado de fora. Há cerca de 10 dias, o mesmo local recebeu um grupo de manifestantes furiosos com as atuações do atacante após a derrota para o colombiano Tolima, na pré-Libertadores.

Ronaldo começou a cogitar a sua aposentadoria a partir de então – inicialmente, o jogador havia previsto o término da carreira para o final do ano. Resolveu manter o planejamento para não dar “gostinho” aos torcedores “financiados por terroristas ligados ao clube”, porém não conseguiu vencer a batalha para entrar em forma e voltar a ser útil ao Corinthians.

Leia também: Tostão afirma: “Ronaldo foi o maior jogador que já passou pelo Cruzeiro”


A passagem de Ronaldo pelo Parque São Jorge atingiu o seu auge em 2009, pouco após a bombástica contratação feita pelo presidente Andrés Sanchez, quando o jogador foi destaque nos títulos do Campeonato Paulista e da Copa do Brasil. O Fenômeno ainda alavancou o marketing corintiano, embora não tenha conseguido repetir as boas atuações. Marcou 35 gols (tinha a meta de fazer 30 por temporada) em 69 jogos disputados pelo clube, em pouco mais de dois anos.

Revelado pelo Cruzeiro, Ronaldo se destacou também no PSV, da Holanda, no Barcelona e no Real Madrid, da Espanha, e na Internazionale e no Milan, da Itália. O astro era torcedor do Flamengo na infância, mas entrou em atrito com o clube do coração ao acertar transferência para o Corinthians.

Agora na condição de ex-jogador, Ronaldo passará a atuar na empresa de marketing esportivo e agenciamento de carreiras que abriu. Um dos seus clientes é o lutador Anderson Silva. Por sua vez, o Corinthians já tem um novo camisa 9: Liedson, de 33 anos, que reestreou com dois gols na vitória sobre o Ituano e passou em branco no empate com o Paulista.

Confira trechos da entrevista coletiva concedida por Ronaldo


viaSuperesportes – Futebol nacional: notícias sobre os times regionais – Ronaldo não resiste às dores e oficializa fim da carreira.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s